Jornal Correio de Notícias

Página Inicial | Política | Prêmio Picucha Milanez será entregue na quinta-feira, dia 9

Prêmio Picucha Milanez será entregue na quinta-feira, dia 9

E-mail Imprimir

Canoas - A entrega do Prêmio Picucha Milanez - edição 2017, concedido pelo Legislativo canoense a mulheres que se destacam em suas áreas de atuação, acontece nesta próxima quinta-feira, 9 de março, às 17h15, no Plenário da Câmara. Serão 11 agraciadas na cerimônia alusiva ao Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março.

A premiação

Instituído em 1997, o prêmio é conferido anualmente pela Câmara Municipal de Canoas e recebeu o nome Picucha Milanez para homenagear Maria Filomena Rumi Milanez, conhecida como "Vó Picucha", falecida em 1973.  Uruguaia, nascida em Rivera, em 1888, ela estabeleceu residência onde hoje é o município de Canoas, aos sete anos de idade, juntamente com sua mãe. Aos 19 anos, casou-se com Fioravante Milanez. Picucha se destacou na luta pela construção do Hospital Nossa Senhora das Graças e pelo trabalho em favor de crianças carentes.

As homenageadas

Ana Cristina Petter Gitaí – indicada pela bancada do PRB: Canoense, graduada em Letras pelo Unilasalle e pós-graduada em "Cultura: Arte Literária pela Ulbra". Foi professora de Literatura na Escola Cristo Redentor, de 1989 a 1995, professora de Língua Portuguesa no Colégio Espírito Santo, de 1985 a 2002, e diretora da Unidade SEAC da PUC, de 2003 a 2010. É membro do Conselho Diretor do Rotary Canoas Industrial, do qual foi presidente de 2015 a 2016. Diretora da RODI, projetos educacionais, culturais e sociais; presidente do Conselho de Cidadãos pela Transparência (CONCIT) de Canoas e parceira nos projetos Soroptmistas e Liga de Combate ao Câncer.

Eliana Colussi – indicada pela bancada do PT: Diretora espiritual há 28 anos do Centro Espírita Oxum da Cachoeira. É professora de espiritismo, conduta avançada e religiosidade. Atua também como coordenadora-geral da Associação Comunitária Criança Feliz, que atende em torno de 80 crianças e adolescentes em situação de extrema vulnerabilidade social. Natural de Canoas, formou-se em Serviço Social pela Ulbra.

Evanides Agarriberri – indicada pela bancada do PP: Mais conhecida como Dona Dadá, nasceu em São Luiz Gonzaga, em 1938. Mudou-se, em 1959, para Canoas e há 26 anos se envolve em trabalhos comunitários e voluntários. Participou da fundação de duas instituições comunitárias – a CONSECOM e a ACBC Mãos Dadas, priorizando a inclusão social e o amparo à criança e ao adolescente. Também integrou o CONDICA, do qual foi secretária em 2005. Representou Canoas no programa Piá 2000, em Porto Alegre, sendo eleita embaixatriz do programa junto à Unicef. Em 2012, foi agraciada com a Medalha Pinto Bandeira, maior honraria concedida pelo município de Canoas.

Luciara Batista Bento – indicada pela bancada do PPS: Natural de Canoas, cresceu no meio da cultura do samba. Na Escola de Samba Acadêmicos de Niterói, saiu nos dois primeiros anos na Harmonia. Em seu terceiro ano de escola, foi indicada pelo presidente de Harmonia da Imperadores do Samba de Porto Alegre, João Arruda, como intérprete. Na época era a única intérprete feminina de uma escola de samba no Rio Grande do Sul. Ganhou diversos prêmios como Estandarte de Ouro de melhor intérprete. Em eventos do Roda de Saia promove exposição de artigos artesanais. Atualmente, realiza o seu primeiro espetáculo musical, o Samba de Roda de Saia, no Teatro do Sesc.

Margarete Rodrigues Alfaro – indicada pela bancada do PMDB: Natural de Canguçu, mudou-se para Canoas aos 4 anos de idade. Proprietária do salão Cia da Beleza, fundado há dez anos na cidade, atua há três anos junto ao Grupo Escoteiro Agnes do Sul, onde assumiu o cargo de diretora financeira e, posteriormente, passou a atuar também como Akelá do Grupo, trabalhando diretamente com os lobinhos na faixa etária de 6 a 10 anos.

Maria Noeli de Oliveira Monteiro – indicada pela bancada do SD: Mais conhecida como Maninha, é moradora do bairro Rio Branco há 40 anos. Natural de Venâncio Aires, mudou-se para Canoas para estudar. Em 1987, iniciou seu trabalho na comunidade no Frigosul Futebol Clube, onde exerceu a função de Primeira Secretária. Em 2005, começou sua jornada na Pastoral da Criança, trabalhando com famílias carentes. Atualmente, Maria é Coordenadora de Áreas, Conselheira da Saúde pela CNBB e presta trabalho voluntário no Centro Espiritual Luz Divina.

Nedi Henriques da Silva – indicada pela bancada do PCdoB: Natural de Taquari, mudou-se para Canoas aos 6 anos de idade. Há 30 anos começou um trabalho como voluntária no bairro Niterói, realizando, entre outras ações, cursos de tricô, crochê e bordado para senhoras e jovens. Atuou durante muitos anos junto ao Lions Club. Hoje tem sua atenção voltada às áreas da saúde, associações de bairro e atividades em prol das comunidades de Canoas.

Nelci Dallagnol de Oliveira – indicada pela bancada do PDT: Nascida no município de Severiano de Almeida, mudou-se para Canoas aos 19 anos. Em 1981, iniciou um trabalho comunitário como secretária da Associação dos Moradores do Bairro Rio Branco, tendo como destaque da gestão a implantação do primeiro posto de saúde descentralizado do Estado e o primeiro Núcleo do CEBEM. Também fez parte do Comitê Municipal para a criação do Conselho Municipal da Mulher (COMDIM) e fundou em 2002, juntamente com outros moradores, a Associação dos Moradores do Bairro Niterói, sendo membro do Conselho Consultivo Permanente. Foi nomeada como diretora de Transportes na Prefeitura de Canoas, em 2003, e exerceu a função de diretora administrativa e financeira do HPS, em 2009. Em janeiro de 2013, assume na Secretaria de Planejamento e Gestão a Diretoria de Controle Administrativo, permanecendo no cargo até setembro de 2015.

Neuza Borges Detânico – indicada pela bancada do PSD: Natural de Vacaria, mudou-se em 1997 para Canoas. Moradora do bairro Igara, é fundadora do Centro Cultural Piquete Maroto e reconhecida pelo trabalho dedicado ao tradicionalismo.

Rosa Maria Groenwald – indicada pela bancada do PTB: Natural de Canoas, é funcionária aposentada do município, enfermeira graduada, especialista em Saúde Pública e mestre em Saúde Coletiva pela Ulbra. Cursou doutorado na Espanha e possui três livros publicados na área da saúde. Criou no município a Vigilância Sanitária, onde foi diretora por mais de dez anos e implantou a primeira Farmácia Municipal. Atualmente, é secretária municipal da Saúde de Canoas.

Silvia Hansen – indicada pela bancada do PV: Fundadora da Associação Canoense de Proteção Ambiental (ASCAPAM), na década de 1980. Bióloga, professora do Ensino Fundamental do município e professora do Ensino Médio. Tem a vida dedicada ao ensino e às causas ambientais.

 

Publicidade

Publicidade

Blogs

Enquete

Você é favor da convocação de Eleições Gerais no Brasil
 

Twitter CN

    Newsletter

    Expediente

    EXPEDIENTE
    Rua Santos Ferreira, 50
    Canoas - RS
    CEP 92020-000
    Fone: (51) 3032-3190
    e-mail: redacao@jornal
    correiodenoticias.com.br

    Banner
    Banner
    Banner

    TurcoDesign - Agencia de Publicidade Digital