Jornal Correio de Notícias

Página Inicial | Geral | Praias do Litoral Norte gaúcho se preparam para receber veranistas

Praias do Litoral Norte gaúcho se preparam para receber veranistas

E-mail Imprimir

A temporada de verão começa oficialmente em dezembro, quando o cenário no Litoral Norte é modificado com a chegada de centenas de veranistas as praias gaúchas.
Mas é agora em novembro que as praias antes vazias, passam a ter mais vida. As casas começam a ser abertas, e muda até o semblante dos moradores e comerciantes. É época de arrumação, de colocar tudo em dia para aproveitar o verão e receber os visitantes.
Esse movimento reflete na economia do litoral, principalmente no comércio de materiais de construção e supermercados. Quem também sai lucrando é o setor de serviços. Restaurantes, bares, hotéis, imobiliárias e postos de combustíveis veem o movimento quadruplicar nos meses de verão.
Em Arroio do Sal, por exemplo, que é um dos principais destinos dos veranistas da Serra Gaúcha, o aumento da população chega a 231% na alta temporada, de acordo com dados da Fundação de Economia e Estatística (FEE).
Para César Firpo dos Santos,  secretário da ACIAAS (Associação Comercial Industrial e Agropecuária de Arroio do Sal) e proprietário de um dos hotéis mais tradicionais de Arroio do Sal, a alta temporada significa lotação máxima.
“O movimento aumenta nos feriados de novembro e começa a intensificar a partir da metade de dezembro. Temos 27 apartamentos e recebemos em torno de 2,5 mil turistas durante o verão", ressalta. ​
​A expectativa é que nesta temporada os números superem os do ano passado, quando a taxa de ocupação foi em torno de 90%.  Quem procurar a rede hoteleira no próximo feriado ainda poderá aproveitar as tarifas de baixa temporada. O reajuste nos valores ocorre somente a partir de dezembro.

A temporada de verão começa oficialmente em dezembro, quando o cenário no Litoral Norte é modificado com a chegada de centenas de veranistas as praias gaúchas.

Mas é agora em novembro que as praias antes vazias, passam a ter mais vida. As casas começam a ser abertas, e muda até o semblante dos moradores e comerciantes. É época de arrumação, de colocar tudo em dia para aproveitar o verão e receber os visitantes.

Esse movimento reflete na economia do litoral, principalmente no comércio de materiais de construção e supermercados. Quem também sai lucrando é o setor de serviços. Restaurantes, bares, hotéis, imobiliárias e postos de combustíveis veem o movimento quadruplicar nos meses de verão.

Em Arroio do Sal, por exemplo, que é um dos principais destinos dos veranistas da Serra Gaúcha, o aumento da população chega a 231% na alta temporada, de acordo com dados da Fundação de Economia e Estatística (FEE).

Para César Firpo dos Santos,  secretário da ACIAAS (Associação Comercial Industrial e Agropecuária de Arroio do Sal) e proprietário de um dos hotéis mais tradicionais de Arroio do Sal, a alta temporada significa lotação máxima.

“O movimento aumenta nos feriados de novembro e começa a intensificar a partir da metade de dezembro. Temos 27 apartamentos e recebemos em torno de 2,5 mil turistas durante o verão", ressalta. ​

​A expectativa é que nesta temporada os números superem os do ano passado, quando a taxa de ocupação foi em torno de 90%.  Quem procurar a rede hoteleira no próximo feriado ainda poderá aproveitar as tarifas de baixa temporada. O reajuste nos valores ocorre somente a partir de dezembro.

 

Publicidade

Publicidade

Blogs

Enquete

Você é favor da convocação de Eleições Gerais no Brasil
 

Twitter CN

    Newsletter

    Expediente

    EXPEDIENTE
    Rua Santos Ferreira, 50
    Canoas - RS
    CEP 92020-000
    Fone: (51) 3032-3190
    e-mail: redacao@jornal
    correiodenoticias.com.br

    Banner
    Banner
    Banner

    TurcoDesign - Agencia de Publicidade Digital