Jornal Correio de Notícias

Página Inicial | Economia | Vendas no dia das Crianças caem 9,02%, a terceira retração seguida

Vendas no dia das Crianças caem 9,02%, a terceira retração seguida

E-mail Imprimir

 

Dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostram que a retomada da confiança dos consumidores ainda não se refletiu, efetivamente, em aumento do consumo. As vendas a prazo na semana anterior ao Dia das Crianças (entre 5 e 11 de outubro), que é a segunda data mais lucrativa para o varejo no segundo semestre, caíram -9,02% na comparação com 2015. Trata-se do terceiro ano consecutivo de retração. Apesar disso, a queda verificada pelo indicador foi menos intensa do que em outras datas comemorativas neste ano, como Dia das Mães (-16,40%) e Dia dos Namorados (-15,23%).
No ano passado as vendas no Dia das Crianças haviam registrado uma variação negativa de -8,95%  - queda equivalente a observada neste ano - e em 2014, retração de -1,50%. Em anos anteriores, os resultados foram positivos, mas em desaceleração: crescimentos de +3,15% (2013), +4,83% (2012), +5,91% (2011) e +8,5% (2010).
Segundo o presidente da CNDL, Honório Pinheiro, o resultado é consequência da crise econômica. “Com o acesso ao crédito mais difícil, os juros elevados e a inflação mais alta, o poder de compras do brasileiro fica cada vez mais limitado”, explica. “Os consumidores estão mais preocupados em não comprometer o próprio orçamento com compras parceladas, por isso optaram por presentes mais baratos e geralmente pagos à vista", diz Pinheiro.
Neste ano, segundo um levantamento do SPC Brasil, os presentes mais procurados seriam as roupas (42,8%), bonecos e bonecas (36,5%) e jogos educativos (24,8%). O gasto media girava em torno de R$ 222,00.
Metodologia
O cálculo de vendas a prazo é baseado no volume de consultas realizadas ao banco de dados do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito), com abrangência nacional, entre os dias 5 e 11 de outubro deste ano

 

Dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostram que a retomada da confiança dos consumidores ainda não se refletiu, efetivamente, em aumento do consumo. As vendas a prazo na semana anterior ao Dia das Crianças (entre 5 e 11 de outubro), que é a segunda data mais lucrativa para o varejo no segundo semestre, caíram -9,02% na comparação com 2015. Trata-se do terceiro ano consecutivo de retração. Apesar disso, a queda verificada pelo indicador foi menos intensa do que em outras datas comemorativas neste ano, como Dia das Mães (-16,40%) e Dia dos Namorados (-15,23%).

No ano passado as vendas no Dia das Crianças haviam registrado uma variação negativa de -8,95%  - queda equivalente a observada neste ano - e em 2014, retração de -1,50%. Em anos anteriores, os resultados foram positivos, mas em desaceleração: crescimentos de +3,15% (2013), +4,83% (2012), +5,91% (2011) e +8,5% (2010).

Segundo o presidente da CNDL, Honório Pinheiro, o resultado é consequência da crise econômica. “Com o acesso ao crédito mais difícil, os juros elevados e a inflação mais alta, o poder de compras do brasileiro fica cada vez mais limitado”, explica. “Os consumidores estão mais preocupados em não comprometer o próprio orçamento com compras parceladas, por isso optaram por presentes mais baratos e geralmente pagos à vista", diz Pinheiro.

Neste ano, segundo um levantamento do SPC Brasil, os presentes mais procurados seriam as roupas (42,8%), bonecos e bonecas (36,5%) e jogos educativos (24,8%). O gasto media girava em torno de R$ 222,00.


Metodologia


O cálculo de vendas a prazo é baseado no volume de consultas realizadas ao banco de dados do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito), com abrangência nacional, entre os dias 5 e 11 de outubro deste ano

Última atualização ( Qui, 13 de Outubro de 2016 15:08 )  

Publicidade

Publicidade

Blogs

Enquete

Você é favor da convocação de Eleições Gerais no Brasil
 

Twitter CN

    Newsletter

    Expediente

    EXPEDIENTE
    Rua Santos Ferreira, 50
    Canoas - RS
    CEP 92020-000
    Fone: (51) 3032-3190
    e-mail: redacao@jornal
    correiodenoticias.com.br

    Banner
    Banner
    Banner

    TurcoDesign - Agencia de Publicidade Digital