Jornal Correio de Notícias

Página Inicial | Plantão | Passagem de ônibus de Canoas subirá para R$ 3,75 a partir de quarta-feira

Passagem de ônibus de Canoas subirá para R$ 3,75 a partir de quarta-feira

E-mail Imprimir

A tarifa do transporte coletivo municipal de Canoas será reajustada de R$ 3,30 para R$ 3,75 a partir de quarta-feira, 5 de abril. O valor foi sancionado pelo prefeito Luiz Carlos Busato após análise dos números apresentados pelos técnicos da Secretaria Municipal de Transporte e Mobilidade (SMTM). A Sogal havia solicitado R$ 4,01 como novo valor. O transporte seletivo passa a custar R$ 4,55.
"Não aceitamos o valor pretendido pela Sogal de R$ 4,01. Diariamente chegam até nós inúmeras reclamações dos serviços prestados pela empresa. Conforme análise dos nossos técnicos o valor chegaria a R$ 3,77, mas acabamos arredondando pra baixo e fixamos em R$ 3,75. Condicionamos esse aumento a renovação da frota da Sogal ainda em 2017. O serviço vai ter que melhorar”, cobra o prefeito Luiz Carlos Busato. A concessão do reajuste não muda em nada o processo licitatório do transporte coletivo que será feito no ano que vem. “Temos compromisso em realizar a tão esperada licitação do transporte coletivo no município”, completa o chefe do Executivo.
No prazo de 60 dias devem entrar em circulação 15 novos carros - todos zero quilômetro - com ar-condicionado e acesso à internet. A meta da prefeitura de Canoas é ampliar o total de veículos com acessibilidade plena. Apesar do reajuste para R$ 3,75 o município de Canoas ainda possui uma das tarifas de transporte coletivo mais baratas da Região Metropolitana de Porto Alegre.
Saiba mais sobre a tarifa de ônibus
O preço da passagem de ônibus é calculado a partir de uma séria de variáveis que compõem a planilha de custos da empresa Sogal. A diferença de R$ 0,26 no pedido da empresa e o valor autorizado é explicada por diferença no cálculo de três itens da planilha de custo: vida útil de pneus novos e recapados, impostos e utilização de recursos humanos para a operação de cada veículo. Abaixo entenda algumas decisões tomadas pela Prefeitura de Canoas que permitiram um reajuste menor.
Impostos -  A Prefeitura isentou a Sogal da cobrança do ISSQN de 2,5% abrindo mão de uma receita anual de R$ 1,15 milhão. Caso a empresa tivesse mais este custo teria um impacto de R$ 0,07 na passagem.
Renovação da Frota e Dissídio - A renovação da frota determinada pela Prefeitura não entrou na planilha de custo para 2017. Cada carro novo tem um custo de R$ 375 mil. No levantamento o preço colocado foi de R$ 322 mil. O dissídio dos rodoviários no mês de junho também não entrou no cálculo da nova tarifa.
Passageiros - O número de passageiros transportados pelo sistema de transporte coletivo de Canoas caiu quase 2% este ano na comparação com o mesmo período do ano passado. Aproximadamente 28% dos usuários tem direito a algum tipo de gratuidade. Entre as metas da Prefeitura de Canoas para 2017 está o incremento do número de passageiros, revisão na legislação municipal de gratuidades e também na grade horária oferecida atualmente.

 

Publicidade

Publicidade

Blogs

Enquete

Você é favor da convocação de Eleições Gerais no Brasil
 

Twitter CN

    Newsletter

    Expediente

    EXPEDIENTE
    Rua Santos Ferreira, 50
    Canoas - RS
    CEP 92020-000
    Fone: (51) 3032-3190
    e-mail: redacao@jornal
    correiodenoticias.com.br

    Banner
    Banner
    Banner

    TurcoDesign - Agencia de Publicidade Digital