Jornal Correio de Notícias

Página Inicial | Política

Política

Sindicato dos Metroviários apresenta campanha nacional contra a privatização dos metrôs

Canoas - Representantes do Sindicato dos Metroviários do Rio Grande do Sul (Sindimetrô/RS) participaram de Grande Expediente, nesta quinta-feira, 16 de junho, para apresentar aos vereadores canoenses a Campanha Nacional Contra Privatização dos Metrôs. A categoria alerta para os prejuízos aos usuários e funcionários no caso de uma possível privatização. O espaço para a explanação foi proposto pelo vereador Emilio Neto (PT).

O presidente do Sindimetrô/RS, Luis Henrique Chagas, defendeu o transporte público de qualidade a um preço justo. Lembrou que o público que utiliza o trem como meio de transporte é formado principalmente por trabalhadores de baixa renda e estudantes. "Temos a segunda tarifa mais baixa do país", afirmou.
Segundo a categoria, um dos efeitos imediatos da privatização seria o aumento da tarifa, a exemplo do que acontece na cidade do Rio de Janeiro, que conta com um sistema de metrô privatizado. Enquanto lá a tarifa é de R$ 4,10 por viagem, a Trensurb mantém sua tarifa a R$1,70 na região metropolitana de Porto Alegre, com subsídios do governo federal. "O serviço de transporte é considerado essencial e deve permanecer público", enfatizou Chagas.
Outra consequência da privatização seria a queda na qualidade do atendimento. O vereador Emilio Neto salientou que a cidade de Canoas seria a cidade mais atingida. "É um transporte eficiente, rápido, barato, econômico e não poluente", argumentou. Também integraram a mesa dos trabalhos: o diretor do Sindimetrô/RS Clóvis Pinheiro e Janaína Carvalho, membro da entidade. O Grande Expediente foi acompanhado por diretores do sindicato e funcionários da Trensurb.

Aprovado projeto que proíbe vasos com água nos cemitérios municipais

Projeto de lei que proíbe a colocação de vasos ou similares que contenham água sobre os jazigos dos cemitérios municipais foi aprovado pela Câmara. A proposição (PL 43/2016), de autoria do vereador Julio Barbosa (PP), busca reduzir a proliferação dos mosquitos, em especial, o Aedes aegypti, transmissor dos vírus da dengue, zika e chikungunya.

 

De acordo com o texto, ficará a cargo da administração do cemitério a fixação de placas ou cartazes informando sobre a proibição. A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos deverá efetuar o recolhimento de todos os vasos ou similares presentes nos cemitérios municipais. Os vasos recolhidos ficarão por 30 dias à disposição daqueles que comprovarem a propriedade. Após o prazo, a administração poderá dar o destino que achar conveniente. “Nota-se que, diariamente, os noticiários destacam as situações em que a proliferação dos mosquitos é evidenciada e, entre elas, a mais problemática certamente é a reprodução em pequenos reservatórios de água parada. Portanto, o presente projeto busca colaborar efetivamente com o combate ao mosquito, evitando assim uma maior proliferação de doenças”, destaca o vereador



Sessão ordinária – requerimentos aprovados

Requerimento nº 113/2016, de autoria do vereador Airton Souza (PP). Votos de pesar pelo falecimento de Jorge Antônio Souza, ocorrido no dia 02 de junho de 2016.

Requerimento nº 115/2016, de autoria do vereador Dr. Pompeu (PTB). Solicita a retirada do Projeto de Lei nº 35/16, de sua autoria.

Requerimento nº 116/2016, de autoria do vereador José Carlos Patricio (PSD). Solicita a retirada do Projeto de Lei nº 44/16, de sua autoria.

INDICAÇÕES

Indicação nº 104/2016, de autoria do vereador Juares Hoy (PTB). Indicação a todas as Câmaras de Vereadores do Estado do Rio Grande do Sul para que enviem Moção de Apoio à convocação imediata e nomeação dos candidatos aprovados no concurso da Polícia Civil e Brigada Militar, realizado em 2013, e a realização de novos concursos para preenchimento das vagas na área da Segurança Pública.

PARECER

Parecer Contas TCE nº 03/2016. Autoria: Tribunal de Contas do Estado. Parecer prévio referente à prestação de contas do exercício de 2011.

 

Última atualização ( Sex, 17 de Junho de 2016 16:47 )
 

Câmara de Vereadores homenageou AACOM

Canoas - Grande Expediente realizado pelo vereador Dario da Silveira (PDT) lembrou, nesta terça-feira, 14 de junho, a passagem dos 15 anos da AACOM – Associação dos Amigos do Centro Olímpico Municipal. Fundada em 31 de maio de 2001, a entidade foi criada com a finalidade de unir moradores e simpatizantes do trabalho realizado no Centro Olímpico. Para celebrar a data, Dario entregou uma placa comemorativa à diretora de Projetos da AACOM, Desirée Lacreta Maridakis.

Em seu pronunciamento, o parlamentar citou as diversas atividades promovidas pela AACOM. "Além do esporte, participa de uma série de ações sociais e eventos beneficentes e culturais. Essa homenagem demonstra que Canoas agradece todo o trabalho que a associação realiza pela nossa sociedade", destacou. Entre os eventos realizados estão chás com desfiles de moda, jantares, rifas (Ações entre Amigos), COM in Concert, COM in Dança e torneios esportivos.

Atualmente a AACOM conta com mais de 700 associados, sendo 70 envolvidos diretamente nas atividades e eventos. Todos atuam de forma voluntária, sem remuneração. A renda integral dos eventos e atividades são aplicadas na manutenção, limpeza, infraestrutura e aquisição de materiais para o COM. Desirée apresentou as principais ações e os projetos futuros. "Queremos agradecer aqueles que nos apoiaram, que acreditaram e que nos ajudaram a realizar nossos sonhos", afirmou.

Mantido veto total ao projeto que dispõe sobre a remoção de veículos abandonados em logradouros públicos

Os vereadores decidiram manter o veto total do Executivo ao Projeto de Lei Legislativo nº 26/2016, que "dispõe sobre a remoção de veículos abandonados em logradouros públicos no âmbito do município de Canoas". A proposição é de autoria do vereador Airton Souza (PP).

Segundo a justificativa do Veto 19/2016, o projeto de lei aprovado pela Câmara já encontra amparo no ordenamento jurídico municipal, no que se refere à Lei nº 4.493/2000 e Lei nº 4.980/2005, e no âmbito estadual, conforme o Decreto º 43.873, de 2005. O Executivo também destaca que a proposição também "apresenta vícios formais de constitucionalidade e de iniciativa, que afrontam o princípio da tripartição dos Poderes consagrados na Constituição Estadual do RS e na Lei Orgânica do Município".

Sessão ordinária  – requerimentos aprovados

Requerimento nº 107/2016, de autoria do vereador Aloisio Bamberg (PCdoB). Solicita voto de profundo pesar pelo falecimento do vereador João Luiz da Cunha, da cidade do Caraá/RS, ocorrido na madrugada de 2 de junho de 2016.

Requerimento nº 109/2016, de autoria do vereador Juares Hoy (PTB). Votos de louvor ao Delegado de Polícia Cleomar Marangoni, Inspetor de Polícia Regis Nienov, Inspetor de Polícia Luciano Silva, Inspetora de Polícia Lidiane Fonseca, Inspetora de Polícia Juliana Cunha, Escrivão de Polícia Daledier Jorge, Escrivão de Polícia Vitor Hugo Santos, Escrivã de Polícia Isabel Cristina de Oliveira Flores, Escrivão de Polícia Enio Macial, Escrivã de Polícia Mileni Monteiro Machado e aos estagiários Danielly de Cássia Mezzomo, Karine Brasil da Silva, Luelen Santana Moura, Rafael da Cunha Dornelles, Tainá da Silva Weren, Taís Nunes Pereira e Daniel de Nardin, da 3ª Delegacia de Polícia de Canoas, pela prisão de três homens em flagrante por estelionato e associação criminosa.

Requerimento nº 110/2016, de autoria do vereador Juares Hoy (PTB). Votos de louvor ao Diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana, Delegado Juliano Ferreira, e toda sua equipe pelo sucesso da edição do mês de maio da Operação 24 horas da Polícia Civil, realizado pela 2ªDRPM, que prendeu 27 criminosos envolvidos em diferentes crimes, tais como roubo, tráfico, posse de entorpecentes e porte ilegal de armas.

Requerimento nº 111/2016, de autoria do vereador Juares Hoy (PTB). Votos de louvor ao Policial Civil Hélder Dillemburg, Inspetor de Polícia da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Canoas, que no dia 05/06/2016 interviu com eficiência num assalto com refém em um posto de gasolina em Nova Santa Rita, onde o assaltante que fazia o refém foi morto e o outro baleado.

Requerimento nº 112/2016, de autoria do vereador Airton Souza (PP). Votos de pesar pelo falecimento do Sr. Camilo Tres, ocorrido no dia 07 de junho de 2016.

INDICAÇÕES

Indicação nº 102/2016, de autoria do vereador Aloisio Bamberg (PCdoB). Solicita revisão na rede de abastecimento de água, devido à falta de pressão, nas Ruas Florianópolis e União, bairro Mathias Velho.

Indicação nº 103/2016, de autoria do vereador Aloisio Bamberg (PCdoB). Solicita a revisão da rede de abastecimento de água, devido à falta de pressão, nas seguintes ruas do bairro Harmonia: São Pedro Pescador, São João, Santo Antônio, Operário Jesus, Dona Maria Isabel, dos biscateiros, Zumbi, Negrinho Santos, Índio Sepé, José Veríssimo, Romeu Morsch, Cassiano Ricardo, da Barca, Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora Aparecida, dos Operários, Santa Rita de Cássia, dos Colonos, Luciana de Abreu, São Sepé, São Luiz e Santos Dias.

 

ASMC é homenageada pela passagem de seus 54 anos

Canoas - Grande Expediente realizado na sessão desta quinta-feira, 9 de junho, celebrou os 54 anos de fundação da Associação dos Servidores Municipais de Canoas (ASMC). A homenagem foi proposta pela Mesa Diretora da Câmara. O presidente da Casa, Paulo Ritter (PT), e o vereador Walmor Solano Herrmann (PDT) entregaram o Troféu Canoas ao presidente executivo da entidade, Firmo Farias dos Santos.

Na justificativa do requerimento, os vereadores lembram que a ideia de criar uma entidade de classe fazia parte da vida de alguns funcionários municipais de Canoas, em 1961, que queriam a prestação de assistência médica ao servidor, além de ter uma comissão que reivindicasse melhores condições de trabalho e aumento salarial. Após muitas tratativas, e tendo por base a associação de servidores do Estado, no dia 12 de junho de 1962, 31 funcionários assinaram a primeira ata da então Associação dos Servidores Municipais de Canoas.

O documento destaca também que a ASMC foi crescendo e, a cada nova administração, consolidava-se, sempre buscando o bem-estar dos associados. Mesmo após passar por dificuldades, conseguiu se reerguer. Conta atualmente com cerca de 2,8 mil associados e departamentos de assistência social, esportivo e cultural, além da escolinha de futebol, do Grupo Reviver e do Departamento de Tradições Gaúchas (DTG) Morada de Guapos.

Em nome da Mesa Diretora, o vereador Ivo Lech (PMDB), 2º vice-presidente, falou sobre a fundação da ASMC. “É uma das maiores associações da cidade, um orgulho para Canoas. Não sei se existe no Estado uma associação com o mesmo tamanho, patrimônio e grandeza”, enfatizou. Também falaram em nome das bancadas, os vereadores Dario da Silveira (PDT), Pedro Bueno (PT), Airton Souza (PP), Francisco da Mensagem (PSB), Emilio Neto (PT) e Aloisio Bamberg (PCdoB). Os parlamentares destacaram o trabalho social desenvolvido pela associação e a sua importância para a sociedade canoense.

O presidente da ASMC agradeceu a homenagem e o carinho pela entidade demonstrado pelos vereadores. Lembrou que antes da fundação da associação existia a realização de “caixinha” entre os servidores para obter recursos a fim de ajudar os funcionários menos favorecidos a comprar medicamentos, alimentos e a acessar consultas médicas.

Projeto aprovado prevê orientações sobre o DPVAT em estabelecimentos de saúde e funerárias

Foi aprovada  projeto de lei que prevê a disponibilização de orientações sobre o DPVAT (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres) em estabelecimentos de prestação de serviços de saúde, públicos ou privados, e em funerárias do município. O PL 30/2016, de autoria do vereador Julio Barbosa (PP), estabelece que as informações devem estar em local visível e de fácil acesso, contendo esclarecimentos sobre como acessar o benefício.

Segundo o autor, a ideia é esclarecer as vítimas de acidentes envolvendo veículos automotores. “Nota-se que seguidamente é noticiado que escritórios, despachantes e terceiros interessados tentam angariar clientes visando receber os valores disponibilizados pelo DPVAT. Assim, com a obrigatoriedade de afixação do informativo, as vítimas serão informadas de que o procedimento para requerer o referido benefício é simples e pode ser realizado de forma não onerosa, podendo a pessoa optar em fazer por conta própria ou designar a terceiros tal atribuição”, diz o vereador.

O texto dispõe que as orientações devem constar em placas ou cartazes e informar quem tem direito, a quem se deve recorrer, telefones e site de contato, documentos necessários, prazos para requerimento e, ainda, de forma destacada, os seguintes dizeres: "O REQUERIMENTO DA INDENIZAÇÃO DO SEGURO DPVAT É UM PROCEDIMENTO SIMPLES E GRATUITO, PODENDO SER FEITO PELA PRÓPRIA VÍTIMA DO ACIDENTE OU POR SEUS BENEFICIÁRIOS, SEM NECESSIDADE DE REPRESENTANTES E INTERMEDIÁRIOS". A proposição prevê também multa aos estabelecimentos que descumprirem as determinações. Caso o projeto seja sancionado pelo prefeito, os locais terão 180 dias para se adequarem.

Sessão ordinária – requerimentos aprovados

Requerimento nº 100/2016, de autoria do vereador Francisco da Mensagem (PSB). Solicita a criação de comissão especial para acompanhamento externo dos serviços da Corsan em Canoas.

Requerimento nº 101/2016, de autoria do vereador Paulinho de Odé (PT). Votos de pesar pelo falecimento de Hardy Silveira, ocorrido na terça-feira, dia 25 de maio, em Canoas.

Requerimento nº 104/2016, de autoria do vereador Cezar Mossini (PMDB). Solicita espaço no Grande Expediente, em data a ser aprazada, para receber a direção da Corsan, que explanara sobre os serviços da companhia na cidade.

Requerimento nº 105/2016, de autoria do vereador Airton Souza (PP). Votos de congratulações ao grupo os Prateados, pelos seus 25 anos de serviços prestados à cidade.

Requerimento nº 106/2016, de autoria do vereador Dr. Pompeu (PTB). Solicita o espaço no Grande de Expediente, em data a ser aprazada, para explanação de Darlan da Silva Adriano, comandante do 8º Comando Regional de Bombeiros de Canoas, e de Márcio Castan, coordenador da Equipe de Cirurgia Plástica do Hospital de Pronto Socorro de Canoas (HPSC), sobre os perigos que os fogos de artifício ocasionam quando adquiridos de procedência duvidosa ou sem o manuseio correto.

Requerimento nº 108/2016, de autoria do vereador Airton Souza (PP). Votos de congratulações ao grupo Viva a Vida, pelos seus 19 anos de serviços prestados à cidade.

INDICAÇÕES

Indicação nº 97/2016, de autoria do vereador Francisco da Mensagem (PSB). Solicita à Corsan o conserto de um cano de água potável localizado na Avenida Esperança, em frente ao número 30, bairro Guajuviras.

Indicação nº 98/2016, de autoria do vereador José Carlos Patricio (PSD). Solicita ao 15° BPM a realização de patrulhamento intensivo e também rondas no entorno da Escola Estadual de Ensino Fundamental Professora Clotilde Batista, situada na Rua Coronel Camisão, em frente ao número 415, bairro Harmonia.

Indicação nº 99/2016, de autoria do vereador José Carlos Patricio (PSD). Solicita à AES Sul a substituição do poste localizado em via pública, na Rua Allan Kardec, em frente ao número 429 no Loteamento Prata, bairro Fátima.

Indicação nº 100/2016, de autoria do vereador Juares Hoy (PTB). Solicita à AES Sul a poda de árvore localizada em frente ao número 207, da Rua Tupanciretã, esquina Rua Campinas, bairro Mathias Velho.

Indicação nº 101/2016, de autoria do vereador Cezar Mossini (PMDB). Solicita a extensão de seis postes na Avenida Hispânica, nas proximidades dos números 1320, bairro São José.

 

Aprovadas alterações em anexos do Plano Diretor Urbano Ambiental

Canoas - Os vereadores aprovaram na sessão desta terça-feira,7 de junho, o projeto de lei nº 16/2016, de autoria do Executivo, que altera os anexos 4.1, 4.2, 4.3, 5.1 e 6.3 da Lei nº 5.961, de 11 de dezembro de 2015, que instituiu o Plano Diretor Urbano Ambiental de Canoas e dispõe sobre o desenvolvimento urbano no município. A proposta busca corrigir equívocos nos cinco anexos da lei aprovada pela Câmara no ano passado. A proposição passou por análise de comissão especial, presidida pelo vereador Alexandre Gonçalves (PPS), tendo como relator José Carlos Patricio (PSD). Também foi discutida em audiência pública realizada em maio.

Mantido veto parcial ao projeto que obriga a concessionária de energia elétrica a alinhar e retirar os fios inutilizados nos postes

Em votação os vereadores decidiram manter o veto parcial do Executivo ao projeto de lei 25/2016, que dispõe sobre a obrigatoriedade da empresa concessionária de serviço público de distribuição de energia elétrica do município de Canoas a realizar o alinhamento e promover a retirada dos fios inutilizados nos postes, notificar as demais empresas que utilizam os postes como suporte de seus cabeamentos e dá outras providências. A proposição tem como autor o vereador José Carlos Patricio (PSD).

Segundo a justificativa do Veto nº 17/2016, o tema do projeto de lei não trata de matéria de iniciativa privativa do Prefeito, podendo ser iniciada pelo Legislativo, conforme o disposto no art. 46 da Lei Orgânica Municipal. A ilegalidade, segundo o texto, está no art. 4º da proposição, motivo do veto, uma vez que ele “estabelece, mesmo que não expressamente, obrigações para o Poder Executivo, quando dispõe sobre regulamentação da lei e aplicação de multa, sendo tal ponto matéria de organização administrativa do Executivo, de iniciativa privativa do Prefeito, conforme o inciso II do parágrafo único do art. 46 da LOM”.

Sessão ordinária de 07/06 – requerimentos aprovados

Requerimento nº 96/2016, de autoria do vereador César Augusto Ribas Moreira (PRB). Solicita espaço no Grande Expediente, em data a ser aprazada, para homenagear o Rotary Canoas Industrial, pela passagem dos seus 35 anos de fundação, a ser comemorado dia 30 de junho de 2016.

Requerimento nº 98/2016, de autoria do vereador Airton Souza (PP). Votos de pesar pelo falecimento da Sra. Lira Eloi Espindola Machado, ocorrido no dia 28 de maio de 2016.

Requerimento nº 99/2016, de autoria da Mesa Diretora. Solicita espaço do Grande Expediente do dia 9 de junho para homenagear a ASMC pela comemoração dos seus 54 anos de fundação.

Requerimento nº 103/2016, de autoria de diversos vereadores. Moção de Apoio à Mãe Eloá de Oxalá e ao Centro de Umbanda Ogum Lanceiro e Iemanjá.

INDICAÇÕES

Indicação nº 95/2016, de autoria do vereador Aloisio Bamberg (PCdoB). Solicita à AES Sul a troca dos postes localizados no Beco do Dirceu - Loteamento Sete de Outubro, bairro Estância Velha.

Indicação nº 96/2016, de autoria do vereador Cezar Mossini (PMDB). Solicita à AES Sul a poda dos galhos na Rua Caçapava nº 244, esquina com a Campinas, bairro Mathias Velho.

 

Quinze entidades beneficiadas com uso de áreas públicas

Canoas - Foram assinadas, na manhã desta segunda-feira, 30 de maio, pelo prefeito municipal Jairo Jorge, e pelos representantes de 15 entidades do município, autorizações de Uso de Áreas Públicas, atendendo ao disposto no Edital 8/2016. Conforme a Lei nº 5.269, de 9 de janeiro de 2008, entidades sociais, culturais, artísticas, esportivas, tradicionalistas, assistenciais e/ou comunitárias de Canoas, podem se habilitar a receber a outorga do uso das áreas públicas onde atuam.

O prefeito Jairo Jorge destacou a importância do trabalho das entidades, que beneficiam milhares de cidadãos. A assinatura do uso das áreas públicas, ressaltou o prefeito, traz mais segurança jurídica e administrativa ao trabalho. “Algumas destas entidades têm 30, 40 anos, cada uma com seu espaço, com seu tempo, com suas características. São entidades que nos orgulham. Com certeza vamos avançar neste processo”, comentou o Jairo Jorge e anunciou que as concessões do uso das áreas serão simplificadas pela renovação automática, respeitando documentação, cronograma realizado e proposto pelas entidades.

A vice-prefeita Beth Colombo disse que as parcerias com essas entidades e instituições são de grande relevância. “Mas também precisamos regrá-las, que essas regras sejam cumpridas e acompanhadas não só pela Prefeitura, mas principalmente pelos senhores, utilizando esses espaços públicos. Tenho a certeza de que cada um que hoje está assinando essa autorização, está fazendo o melhor possível em suas comunidades”, completou a vice-prefeita. Para Alexandre Mayer, titular da Secretaria Municipal das Relações Institucionais, com medidas como essa as entidades “passam a ter um protagonismo em suas ações, com segurança e parceria da administração pública.”

As contempladas

Associação das Senhoras da Campanha dos Bebês

Associação Assistencial Beneficente Niterói

Associação Esportiva Cultural Beneficente 1º de Maio

Ação Social Santa Isabel

Associação Comunitária Beneficente e Cultural Mãos Dadas

Conselho Comunitário do Bairro Rio Branco

Loja Maçônica Fiat Lux

Associação Cultural Beneficente Estância Velha

Associação Universalista Luz de Aruanda

União Harmonia Futebol Clube

Associação Esportiva Recreativa Cultural Beneficente Assistencial Boa Vontade

Associação de Amigos e Moradores do Residencial Santa Isabel

Associação dos Moradores do Jardim Igara II

Associação dos Moradores da Vila Rio Branco

Associação dos Moradores do Loteamento Verdes Campos


Última atualização ( Ter, 31 de Maio de 2016 18:00 )
 

Vereadores aprovam projeto que dispõe sobre a Controladoria Geral do Município e o Sistema de Controle Interno Municipal

Canoas - A Câmara aprovou o projeto de lei 17/2016, de autoria do Executivo, que dispõe sobre a Controladoria Geral do Município e o Sistema de Controle Interno Municipal. O texto, segundo a administração municipal, busca o aperfeiçoamento da fiscalização, em especial sobre a gestão administrativa, financeira e patrimonial do município, e a qualificação das medidas de transparência, ouvidoria, auditoria, prestação de contas, prevenção e combate à corrupção e corregedoria.

O Sistema de Controle Interno Municipal foi instituído pela Lei nº 5.675, de 26 de janeiro de 2012, nos termos do art. 31 da Constituição Federal e art. 59 da Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000, além de trazer outras providências no seu bojo normativo. Na justificativa do PL 17, o Executivo explica que, após a promulgação e publicação da lei municipal, “o entendimento firmado pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul (TCE/RS) se consolidou e mostrou-se de forma mais cristalina na edição de resolução específica que dispõe sobre as diretrizes a serem observadas na estruturação e funcionamento do sistema de controle interno municipal”.

Segundo o texto da justificativa, o objetivo é também atender aos pressupostos da legislação que trata da estrutura organizacional e administrativa do Poder Executivo, em especial a Lei nº 5.363, de 2 de janeiro de 2009, e estruturar o funcionamento do Sistema do Controle Interno, assim como da Controladoria Geral do Município, de forma semelhante ao modelo adotado pela União. O PL 17 foi incluído na Ordem do Dia atendendo a requerimento do líder do governo na Câmara, vereador Ivo Fiorotti (PT).

Última atualização ( Seg, 23 de Maio de 2016 12:31 )
 
Página 7 de 67

Publicidade

Publicidade

Blogs

Enquete

Você é favor da convocação de Eleições Gerais no Brasil
 

Twitter CN

    Newsletter

    Expediente

    EXPEDIENTE
    Rua Santos Ferreira, 50
    Canoas - RS
    CEP 92020-000
    Fone: (51) 3032-3190
    e-mail: redacao@jornal
    correiodenoticias.com.br

    Banner
    Banner
    Banner

    TurcoDesign - Agencia de Publicidade Digital