Jornal Correio de Notícias

Página Inicial | Geral

Geral

O que o consumidor deve se atentar ao comprar um imóvel pela nova norma NBR 15575

 

O que o consumidor deve se atentar ao comprar um imóvel pela nova norma NBR 15575
Em julho de 2013, entrou em vigor a norma NBR 15.575 - que estabelece padrões de desempenho e durabilidade para alguns sistemas que compõem as edificações residenciais. A maior preocupação para quem trabalha no setor, e esclarecer o que as pessoas precisam levar em conta quando procuram empreendimentos para morar. Às vezes, a ânsia de encontrar a casa dos sonhos, pode não se dar conta do que se precisa avaliar antes de assinar a escritura.
Pensando nisso,  Márcia Menezes, diretora de Inovação&Tecnologia do CTE (Centro de Tecnologia de Edificações) explica que “muitas vezes as discussões entre construtores e clientes são baseadas em percepções pessoais de cada um. Com a publicação da norma de desempenho, os critérios ficaram explícitos tanto para orientar nas definições de projetos e soluções construtivas, como para verificar a edificação pronta”.  Márcia lembra  que a norma tem aplicação obrigatória para projetos a partir de 2013. Assim as pessoas precisam se atentar para a data do empreendimento. A diretora elaborou outras dúvidas que podem aparecer na hora de comprar o imóvel:
1.  Como saber se estou comprando um imóvel com os padrões mínimos definidos pela norma 15.575?  - Não é permitido entregar qualquer imóvel sem atender aos requisitos mínimos estabelecidos. Além disso, em alguns aspectos, a norma determina critérios em mais dois níveis - intermediário e superior. Assim, o consumidor poderá ter parâmetros de comparação para verificar as diferenças entre os diversos produtos imobiliários no momento da compra.
2. O que devo esperar da construtora? Tenho que contratar um perito para verificar se a edificação foi construída conforme a norma quando for fazer a vistoria? - A verificação de recebimento da unidade habitacional não muda. Não existe qualquer certificação ou atestado que a construtora deverá entregar ao cliente quando da entrega das chaves. Consiste em obrigação da Construtora entregar um produto que atenda à norma.
3.A norma se aplica para salas comerciais? - Não. A norma é voltada a exclusivamente para as edificações habitacionais. Apesar do conceito ser aplicável a outros tipos de usos, os critérios previstos podem não ser aplicáveis a outras funções.
4. Qual o papel do usuário no desempenho da edificação? - O usuário tem um papel importante no desempenho da edificação ao longo do tempo. Para manter as condições previstas durante a vida útil, as atividades de manutenção devem ser realizadas nas periodicidades planejadas e o uso e operação devem ser realizados considerando as premissas iniciais. Afinal, não existe construção eterna. Há um desgaste decorrente do uso e da ação das condições ambientais. Muitas pessoas não têm o hábito de ler os manuais de instrução de equipamentos, mas com certeza é muito importante que o Manual de uso e operação da edificação seja lido a aplicado.
5.Como pensar em reformas seguindo a NBR 15575 - A realização de reformas na unidade habitacional pode alterar o desempenho previsto e prejudicar as condições de conforto e habitabilidade. Assim, é fundamental a contratação de um profissional habilitado para elaborar o projeto e também uma empresa especializada para a execução da obra.

 

Em julho de 2013, entrou em vigor a norma NBR 15.575 - que estabelece padrões de desempenho e durabilidade para alguns sistemas que compõem as edificações residenciais. A maior preocupação para quem trabalha no setor, e esclarecer o que as pessoas precisam levar em conta quando procuram empreendimentos para morar. Às vezes, a ânsia de encontrar a casa dos sonhos, pode não se dar conta do que se precisa avaliar antes de assinar a escritura.

Pensando nisso,  Márcia Menezes, diretora de Inovação&Tecnologia do CTE (Centro de Tecnologia de Edificações) explica que “muitas vezes as discussões entre construtores e clientes são baseadas em percepções pessoais de cada um. Com a publicação da norma de desempenho, os critérios ficaram explícitos tanto para orientar nas definições de projetos e soluções construtivas, como para verificar a edificação pronta”.  Márcia lembra  que a norma tem aplicação obrigatória para projetos a partir de 2013. Assim as pessoas precisam se atentar para a data do empreendimento. A diretora elaborou outras dúvidas que podem aparecer na hora de comprar o imóvel:

1.  Como saber se estou comprando um imóvel com os padrões mínimos definidos pela norma 15.575?  - Não é permitido entregar qualquer imóvel sem atender aos requisitos mínimos estabelecidos. Além disso, em alguns aspectos, a norma determina critérios em mais dois níveis - intermediário e superior. Assim, o consumidor poderá ter parâmetros de comparação para verificar as diferenças entre os diversos produtos imobiliários no momento da compra.

2. O que devo esperar da construtora? Tenho que contratar um perito para verificar se a edificação foi construída conforme a norma quando for fazer a vistoria? - A verificação de recebimento da unidade habitacional não muda. Não existe qualquer certificação ou atestado que a construtora deverá entregar ao cliente quando da entrega das chaves. Consiste em obrigação da Construtora entregar um produto que atenda à norma.

3.A norma se aplica para salas comerciais? - Não. A norma é voltada a exclusivamente para as edificações habitacionais. Apesar do conceito ser aplicável a outros tipos de usos, os critérios previstos podem não ser aplicáveis a outras funções.

4. Qual o papel do usuário no desempenho da edificação? - O usuário tem um papel importante no desempenho da edificação ao longo do tempo. Para manter as condições previstas durante a vida útil, as atividades de manutenção devem ser realizadas nas periodicidades planejadas e o uso e operação devem ser realizados considerando as premissas iniciais. Afinal, não existe construção eterna. Há um desgaste decorrente do uso e da ação das condições ambientais. Muitas pessoas não têm o hábito de ler os manuais de instrução de equipamentos, mas com certeza é muito importante que o Manual de uso e operação da edificação seja lido a aplicado.

5.Como pensar em reformas seguindo a NBR 15575 - A realização de reformas na unidade habitacional pode alterar o desempenho previsto e prejudicar as condições de conforto e habitabilidade. Assim, é fundamental a contratação de um profissional habilitado para elaborar o projeto e também uma empresa especializada para a execução da obra.

Última atualização ( Qui, 22 de Setembro de 2016 16:25 )
 

Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul realiza pesquisa de opinião pública

 

Porto Alegre - Iniciou segunda-feira, 12 de setembro, a pesquisa de opinião pública sobre a Defensoria Pública do Estado (DPERS) em 40 cidades gaúchas. A iniciativa faz parte do Projeto de Modernização Institucional (PMI), que tem financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), e resultará em indicadores da percepção da população do Rio Grande do Sul sobre a instituição, além de dados que auxiliarão na melhor divulgação da Defensoria Pública, fazendo com que mais gaúchos tenham acesso à justiça.
A pesquisa será realizada por meio de visitas às residências e contará com dois mil entrevistados que responderão a 41 perguntas sobre seu perfil, sobre a Defensoria Pública e sobre como buscam informações. Para a realização da pesquisa, o Estado foi dividido em sete mesorregiões, conforme estratificação do IBGE: Metropolitana, Nordeste, Noroeste, Sudeste, Sudoeste, Centro Ocidental e Centro Oriental. De acordo com o Coordenador Técnico da Promáxima, empresa que realizará a pesquisa, Raffael Escarpini, o nível de confiança da pesquisa é de 95% e a margem de erro de 2,09%. De acordo com o cronograma dos trabalhos, os resultados da pesquisa serão divulgados ainda em 2016.
Os principais objetivos da pesquisa são conhecer a opinião dos gaúchos, em especial dos que se encontram em situação de necessidade ou vulnerabilidade, sobre o papel da Defensoria Pública do Estado como instituição essencial e como instrumento de acesso à justiça e à cidadania; identificar oportunidades de aperfeiçoamento dos serviços prestados pela instituição, mediante a avaliação dos resultados da pesquisa; e possibilitar o melhor direcionamento da divulgação das ações da Defensoria nos canais de comunicação mais utilizados pelo público-alvo da instituição.
Todos os entrevistadores estarão identificados com crachá e colete da Promáxima (contratada da DPERS) e vão portar uma carta de referência do Defensor Público-Geral do Estado. Para confirmação dos dados do entrevistador, a Defensoria Pública disponibilizou números de telefones para confirmação: (51) 3210.9440 (horário comercial) e (51) 8494.2557 (plantão).
Confira as 40 cidades pesquisadas:
1. Alvorada
2. Bagé
3. Bento Gonçalves
4. Cachoeira do Sul
5. Canguçu
6. Canoas
7. Carazinho
8. Caxias do Sul
9. Cruz Alta
10. Erechim
11. Farroupilha
12. Gravataí
13. Ibirubá
14. Ijuí
15. Jaguarão
16. Lajeado
17. Marau
18. Nova Prata
19. Novo Hamburgo
20. São Leopoldo
21. Palmeira das Missões
22. Passo Fundo
23. Pelotas
24. Porto Alegre
25. Rio Grande
26. Santa Cruz do Sul
27. Santa Maria
28. Santa Rosa
29. Santana do Livramento
30. Santiago
31. Santo Ângelo
32. São Borja
33. São Gabriel
34. São Lourenço do Sul
35. Sapucaia do Sul
36. Teutônia
37. Tupaciretã
38. Uruguaiana
39. Vacaria
40. Viamão

 

Última atualização ( Qui, 15 de Setembro de 2016 15:12 )
 

Começa a maior festa e evento cultural de Esteio

Com o tradicional acendimento da Pira Crioula, foi aberta na noite desta terça-feira (13) a Semana Farroupilha de Esteio. O maior evento de Esteio acontece até o dia 20 nos pavilhões da Agricultura Familiar, do Artesanato e Internacional do Parque Estadual de Exposições Assis Brasil. A entrada é gratuita e os portões fecham às 23h.

O prefeito de Esteio, Gilmar Rinaldi, recepcionou os cavalarianos, que conduziram a Chama Crioula, acesa este ano em Triunfo. Depois de uma cavalgada por ruas de Esteio, o grupo chegou ao Parque Assis Brasil, onde centenas de pessoas já estavam aguardando. “Agradeço aos cavalarianos que, todos os anos, independentemente do local onde ela é acessa, vão buscar a Chama. Agradeço também aos CTGs de Esteio e a Associação dos Piquetes que nos ajudam a organizar essa Semana Farroupilha. É por vocês que trabalhamos pela qualificação deste evento”, discursou. Gilmar também destacou o público que comparece em larga escala na maior festa de Esteio e às crianças e jovens que ajudam a manter as tradições do Estado. “Vocês são o presente e o futuro de Esteio e do Rio Grande do Sul. Jovens como o Lucas Ferreira, que está aqui conosco neste momento especial”, disse, se referindo ao representante do CTG Chama Nativa que conquistou o título de 3º Piá Farroupilha do Estado, espécie de competição com provas artísticas, culturais e campeiras realizado pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho. O prefeito disse ainda que os recursos para o evento são próprios da Secretaria de Arte e Cultura, e que não são “desviados” da Saúde e Educação. “São recursos que devem ser usados na na Semana Farroupilha, que ajuda a elevar a autoestima de nosso povo, que trazem cultura e entretenimento para homens e idades de todas as idades. É muito importante dizer que cada CTG e piquete aqui instalados desenvolvem tradição e cultura”, lembrou.

Titular da Secretaria Municipal de Arte e Cultura (SMAC), pasta responsável pela organização das comemorações farroupilhas em Esteio, Ângela Ruas também agradeceu a parceria de CTGs e piquetes para a realização do evento. “Organizamos, junto, uma Semana Farroupilha que nos enche de muito orgulho, e a cada ano evolui, e que está entre as melhores do Estado. Aqui, temos num mesmo ambiente o bisavô, o avô, o pai e o filho, confraternizando juntos e cultuando as tradições”, afirmou, lembrando de uma das características preservadas pelo tradicionalismo: a família.

Depois, o coordenador dos Cavalarianos, Dirceu Gonçalves, e o prefeito conduziram a Chama Crioula e acenderam a Pira que ficará acesa até as 18h do dia 20 ao lado do palco principal, montado no Pavilhão da Agricultura Familiar. A execução do hino de Esteio encerrou a solenidade.


Festa e atividades artísticas e culturais
Antes mesmo da abertura, os 98 piquetes instalados nos pavilhões Internacional e do Artesanato já estavam lotados. Milhares de pessoas circulavam pelas vias internas, confraternizavam com amigos nos galpões e apreciavam a mostra cultural desenvolvida pelas atividades

No palco principal, o grupo Luz em Cena, de Novo Hamburgo, realizou a primeira apresentação cultural da programação. A peça Mas Bah, Tchê! Como é Grande o Meu Rio Grande contou de forma divertida como foi formada a população do Rio Grande do Sul e como começou a Revolução Farroupilha, até a programação da República Riograndense em 11 de setembro de 1836. Depois, foi a vez de Moisés Oliveira e Grupo Eco do Pampa tocarem o primeiro baile da Semana Farroupilha 2016.

A programação segue nesta quarta-feira (14). Durante o dia, estudantes de Esteio e cidades vizinhas visitam o acampamento e assistem ao espetáculo teatral Contos e Cantos Do Rio Grande, de Beto Herrmann, e conhecem a Mostra de Brinquedos Folclóricos de Origem Indígena, entre outras atividades.
A Semana Farroupilha de Esteio é realizada pela Secretaria Municipal de Arte e Cultura (SMAC) em conjunto com os CTGs Esteio da Tradição, Chama Nativa, Quero-Quero e Independência Gaúcha, e conta com apoio do Serviço Social do Comércio (Sesc) e da Federação do Comércio de Bens e de Serviços (Fecomércio).


Semana Farroupilha de Esteio
Local: Parque de Exposições Assis Brasil (Pavilhões Internacional, da Agricultura Familiar e do Artesanato)

Quarta-feira (14)
14h - Roda de chimarrão e acolhimento às escolas
Mostra de Brinquedos Folclóricos de Origem Indígena (Vitrine Multicultural)
Apresentação musical – Serviço de Convivência e fortalecimento de vínculos dos idosos e adultos do CRAS Conviver 
Espetáculo teatral "Contos e Cantos Do Rio Grande" de Beto herrmann (SESC)
Apresentação de Invernada – CMEB Clodovino Soares 
20h - Show Instrumental com Jean Carlo Godoy e Amigos (Vitrine Multicultural)
21h30min - Baile com Grupo Som Gaúcho (Vitrine Multicultural)

Quinta-feira (15)
10h - Roda de chimarrão e acolhimento às escolas
Invernada Flamengo das Tradições 
Invernada Centro de Formação Tereza Verzeri
14h - Roda de chimarrão e acolhimento às escolas
Espetáculo teatral "As Gineteadas do Valente Toninho Corre Mundo na Estância de Cidão Dornelles" - Teatro de Mamulengos do Grupo TIA (SESC) 
Invernada Centro de Formação Tereza Verzeri
Invernada Flamengo das Tradições
19h - Concurso de Culinária Campeira (ASPE)
20h - Show com Grupo Mas Bah!
22h - Baile com Elvis Neimaier

Sexta-feira (16)
10h - Roda de chimarrão e acolhimento às escolas 
Contação de histórias com Clair Liska e Débora Martins
Apresentação da Lenda do Boitatá (Vitrine Multicultural)
14h - Roda de chimarrão e acolhimento às escolas 
Contação de histórias com Clair Liska e Débora Martins
Apresentação da Lenda do Boitatá (Vitrine Multicultural)
19h - Apresentação das Invernadas do CTG Independência Gaúcha - Mirim, Juvenil e Veterana (Vitrine Multicultural) 
Apresentação da Invernada do CTG Esteio da Tradição – Veterana
20h30min - Show Anderson Cruz (Vitrine Multicultural)
22h - Baile com Recuerdos (Vitrine Multicultural)

Sábado (17)
9h - Alvorada – ASPE
10h - Roda de chimarrão
12h - Almoço festivo 
14h30min - Bailanta com Grupo Campereadas 
17h - Missa Crioula 
18h30min - Final do Concurso de Cucas (ASPE)
19h - Patrícia Correa
20h30min - Apresentação das Invernada do Chama Nativa - Mirim e Juvenil 
22h - Baile com Conjunto Moda Antiga

Domingo (18)
10h - Roda de chimarrão
12h - Almoço festivo 
15h - Domingueira com Fábio Duzac, o Cardeal Missioneiro e O Grupo Karaguatta
18h - Apresentação da Invernada do GAN Yvi Maraé – Adulta
19h - Apresentação das Invernadas do Tropeiros do Ouro Negro – Mirim Juvenil e Adulta
20h - Show com Wilson Paim
22h - Baile com Conjunto Sina Fandangueira

Segunda-feira (19)
10h - Roda de chimarrão
12h - Almoço festivo 
14h - Visitação aos Piquetes
16h - Tertúlia Livre 
19h - João Luiz Correa
21h - Show com Leandro Cachoeira
23h - Baile com Os Ruanos

Terça-feira (20)
10h - Roda de chimarrão
12h - Almoço festivo 
15h - Bailanta com Grupo Sul Tchê
18h - Extinção da Chama Crioula
* Os portões fecham às 23h

 

Dia do Cliente tem bate-papo com Márcio Paz e Luciano Potter e pocket show Especial Tim Maia no Canoas Shopping.

É com um bate-papo informal sobre música e um pocket show com os clássicos de Tim Maia que o Canoas Shopping celebra o Dia do Cliente no dia 15 de setembro.

Os comunicadores Márcio Paz da Itapema FM e Luciano Potter da Rede Atlântida sobem ao palco localizado próximo ao McCafé na Praça de Alimentação do Canoas Shopping às 19h30 para falar sobre os rumos da música em um bate-papo descontraído e com muito bom humor.

O evento, que é gratuito, também contará com o Especial Tim Maia com Jorjão que fará intervenções musicais e um pocket show de encerramento interpretando os grandes clássicos do mestre da soul music.

Sobre o Dia do Cliente

Criado para homenagear os clientes e estreitar as relações entre o comércio e os consumidores, o Dia do Cliente surgiu originalmente no estado do Rio Grande do Sul onde foi oficializado em 2003. Atualmente a data é comemorada em todo o país.

 

Polonês Michał Cieślakowski ministra curso em Porto Alegre

Porto Alegre recebe Michał Cieślakowski, uma das maiores autoridades mundiais em Sonhos Lúcidos, para ministrar um curso sobre o tema.  Natural da Polônia, Michał é amante de técnicas de desenvolvimento mental, pesquisador de hipnose experimental. Também é instrutor de hipnose da OMNI Hypnosis Training Center (Maior centro de ensino de hipnose do mundo).

O curso será ministrado no Hotel Plaza San Rafael, nos dias 17 e 18 de setembro. "Será uma honra receber Michal em Porto Alegre, talvez essa seja a única oportunidade. O Michal não costuma dar cursos fora do País dele, acho inclusive que será a primeira vez. Ele nem queria vir a princípio, mas insistimos bastante, após sua participação no Hipnosur (Congresso Nacional de Hipnose) em Abril, tivemos muitos interessados e ele adorou o Brasil, tem amigos aqui e acabou cedendo." comenta Jan Bocian, Hipnólogo, Coach e Empresário, fundador da Getmind Coaching & Hipnose, empresa que está organizando o evento em Porto Alegre. "Eu mesmo estou particularmente empolgado em participar desse curso também como aluno, dado o potencial, as aplicações inúmeras, desde o domínio do relógio biológico, até mesmo resolução de problemas enquanto dorme, criatividade e utilização de auto-hipnose durante o sono. E é claro,  poder acabar de vez com a insônia ou noites mal dormidas”, completa Jan.
O curso terá tradução simultânea para o português, assim todos podem aprender sem se preocupar com o inglês.
Curso Practitioner em Sonhos Lúcidos: dias 17 e 18 de setembro de 2016 (final de semana)
Oportunidade única: Primeira vez no Brasil (Porto Alegre, São Paulo e Belo Horizonte)
Você gostaria de:
  • Praticar coisas enquanto dorme?
  • Experimentar novas ideias?
  • Ganhar mais horas no seu dia?
  • Ter mais energia e disposição?
  • Descobrir soluções para seus problemas?
  • Fazer coisas impossíveis e/ou proibidas?
  • Ter aventuras novas todas as noites?
Se respondeu SIM, você MERECE aprender Sonhos Lúcidos.

Sonho lúcido é ter total consciência que está dormindo durante um sonho. Algumas pessoas às vezes percebem que estão sonhando, mas isso não é um sonho lúcido real.
Em um verdadeiro sonho lúcido, você pode alterar completamente seu ambiente onírico, ir para qualquer lugar, criar qualquer situação e vivê-la como se fosse real.
Com essa habilidade você simplesmente ganha mais 6 horas no dia, para usar como quiser.

 

vendas do varejo em queda ainda não mudam tendência de recuperação para o segundo semestre

Dados divulgados nesta terça-feira, 13 de setembro, da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que os dados das vendas do varejo ainda devem demorar a reagir aos primeiros sinais de melhora da confiança: após subir 0,3% em junho, o dado de julho recuou 0,3%, praticamente neutralizando o resultado positivo do mês anterior. Para o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro, os dados reforçam o cenário de que a economia entrou em uma fase de estabilização.

“Enquanto alguns dados já mostram a saída do pior momento da recessão econômica, com especial destaque para confiança e em menor medida a produção industrial, outros ficarão patinando em um patamar neutro até que sejam puxados pela volta do emprego e da renda. Este é o caso das vendas no varejo”, explica Pellizzaro.

Para o presidente do SPC Brasil, o resultado abaixo das expectativas nas vendas do varejo não muda a perspectiva otimista para este segundo semestre e para o próximo ano. “Nesta atual fase de estabilização da economia são esperados comportamentos erráticos de algumas variáveis, em especial daquelas que demoram mais a reagir. No entanto, se novas pioras forem confirmadas nos próximos meses isso poderá implicar em perspectiva de recuperação mais lenta do que esperado”.

No caso do comércio varejista ampliado, o recuo de julho foi de 0,5%, aprofundando a queda de 0,2% do mês anterior. Na variação anual, a queda era de 10,2% em maio, passou para 8,1% em junho e piorou novamente para 10,2% em julho. “Resultados ruins ainda são vistos nos itens ligados a crédito como veículos e material de construção, mas também de setores ligados a renda como tecidos, vestuário e calçados e livros e papelaria”, conclui Pellizzaro.

 
Página 10 de 211

Publicidade

Publicidade

Blogs

Enquete

Você é favor da convocação de Eleições Gerais no Brasil
 

Twitter CN

    Newsletter

    Expediente

    EXPEDIENTE
    Rua Santos Ferreira, 50
    Canoas - RS
    CEP 92020-000
    Fone: (51) 3032-3190
    e-mail: redacao@jornal
    correiodenoticias.com.br

    Banner
    Banner
    Banner

    TurcoDesign - Agencia de Publicidade Digital