Jornal Correio de Notícias

Página Inicial | Plantão

Plantão

Senac Canoas oferece curso compacto de Informática Fundamental

Embora as mídias digitais estejam cada vez mais presentes no dia a dia das pessoas, muitos ainda não sabem explorar todo o potencial que elas apresentam. Para reverter esse cenário, o Senac Canoas oferece, a partir de 24 de outubro, uma nova turma do curso Informática Fundamental Compacto.

Com carga horária de 60h, os encontros acontecem de segunda a sexta-feira, das 13h30 às 17h30. Durante as atividades, os participantes adquirem os conhecimentos necessários para utilizar o sistema operacional Windows, criar e formatar textos com o Word, montar planilhas no Excel, produzir apresentações no PowerPoint e utilizar a Internet para pesquisas, comunicação e entretenimento.

Matrículas para o curso de Informática Fundamental Compacto devem ser feitas no Senac Canoas, localizado na rua Mathias Velho, 255. Mais informações sobre a capacitação podem ser obtidas pelo telefone (51) 3476-7222 ou através do site www.senacrs.com.br/canoas. Comerciários têm desconto de 20% mediante a apresentação, no ato da matrícula, do cartão Sesc/Senac, nas categorias empresário e comerciário.

 

Especialista em crédito orienta para o melhor destino do 13º salário

Especialista em crédito orienta para o melhor destino do 13º salário
O mais indicado é um planejamento financeiro para evitar novos endividamentos no futuro
Em mais um ano difícil para a economia, o décimo terceiro salário deverá ser destinado para quitar dívidas, especialmente as do cheque especial e cartão de crédito, que costumam ter maior peso nas contas dos consumidores. Essa medida, no entanto, pode não ser a melhor alternativa para quem está endividado. "É correto o pensamento de quitar dívidas e aliviar-se de juros, mas na ânsia de colocar as contas em dia, o consumidor pode se comprometer no futuro", avalia o especialista em crédito da UCI Brasil, Luis Felipe Carchedi.
Segundo Carchedi, é comum as pessoas acabarem contraindo novos empréstimos sem um planejamento financeiro correto. Neste sentido, existem no mercado opções que podem ser alternativas mais eficazes para uma solução de longo prazo. Entre elas, ganha força o refinanciamento imobiliário, que possui prazo mais longo e menores taxas de juros. A vantagem, neste caso, é quitar todas as dívidas e concentrar em uma só conta, ficando mais fácil de administrar, além de mais econômico. São financiados até 60% do valor do imóvel dado em garantia com prazo de até 15 anos.
O produto também pode ser utilizado para quem busca recursos para financiar outros projetos de vida. O credito de Refinanciamento Imobiliário também tem sido concedido para empresários que desejam investir em seus negócios e profissionais liberais para o crescimento de seus escritórios e consultórios.
"O importante é fazer um planejamento financeiro para avaliar se, ao quitar todas as dívidas ao mesmo tempo, não poderá ocasionar futuros endividamentos e, dessa forma, só arrastar o problema para adiante", complementa.

O mais indicado é um planejamento financeiro para evitar novos endividamentos no futuro

Em mais um ano difícil para a economia, o décimo terceiro salário deverá ser destinado para quitar dívidas, especialmente as do cheque especial e cartão de crédito, que costumam ter maior peso nas contas dos consumidores. Essa medida, no entanto, pode não ser a melhor alternativa para quem está endividado. "É correto o pensamento de quitar dívidas e aliviar-se de juros, mas na ânsia de colocar as contas em dia, o consumidor pode se comprometer no futuro", avalia o especialista em crédito da UCI Brasil, Luis Felipe Carchedi.

Segundo Carchedi, é comum as pessoas acabarem contraindo novos empréstimos sem um planejamento financeiro correto. Neste sentido, existem no mercado opções que podem ser alternativas mais eficazes para uma solução de longo prazo. Entre elas, ganha força o refinanciamento imobiliário, que possui prazo mais longo e menores taxas de juros. A vantagem, neste caso, é quitar todas as dívidas e concentrar em uma só conta, ficando mais fácil de administrar, além de mais econômico. São financiados até 60% do valor do imóvel dado em garantia com prazo de até 15 anos.

O produto também pode ser utilizado para quem busca recursos para financiar outros projetos de vida. O credito de Refinanciamento Imobiliário também tem sido concedido para empresários que desejam investir em seus negócios e profissionais liberais para o crescimento de seus escritórios e consultórios.

"O importante é fazer um planejamento financeiro para avaliar se, ao quitar todas as dívidas ao mesmo tempo, não poderá ocasionar futuros endividamentos e, dessa forma, só arrastar o problema para adiante", complementa.

 

Senac Canoas oferece Curso de Consultoria de Estilo - Personal Stylist

Para os interessados por moda, o Senac Canoas está com inscrições abertas para o curso de Consultoria em Estilo - Personal Stylist. As aulas apresentam conhecimentos para a consultoria de estilo, com base em referenciais de linguagem de moda, com equilíbrio de etnias, cores e estampas. O profissional dessa área entende o estilo pessoal e físico e identifica quais as peça que melhor podem vestir.

Com formação na área de moda, o curso começa no dia 31 de outubro e acontece todas às segundas, terças e quartas-feiras, das 19h às 22h. Os pré requisitos para inscrever-se são Ensino Médio Completo e idade mínima de 17 anos. O curso tem carga horária total de 60 horas.

Matrículas para o curso de Consultoria de Estilo - Personal Stylist devem ser feitas no Senac Canoas, localizado na Mathias Velho, 255. Mais informações sobre a capacitação podem ser obtidas pelo telefone (51) 3476-7222 ou através do site www.senacrs.com.br/canoas. Comerciários têm desconto de 20% mediante a apresentação, no ato da matrícula, do cartão Sesc/Senac, nas categorias empresário e comerciário.

 

A experiência do cliente em palestra sobre vitrinismo no Canoas Shopping.

O Canoas Shopping realiza nesta quarta-feira, dia 26 de outubro, a palestra “Vitrine – A Experiência do Cliente” com a designer, coordenadora e docente de moda Janine Ledur, na última das três edições do evento denominado YOU CAN realizadas em 2016.

A palestra tem como foco central o vitrinismo, abordando temas como tendências de consumo, o cliente/usuário como protagonista e dicas técnicas para elaboração de uma vitrine assertiva.

A versão 2016 do ciclo de palestras You Can foi desenvolvida em parceria com o Senac. Os conteúdos foram organizados como um treinamento de forma contínua, fazendo com que cada evento seja complementar ao anterior.

A primeira palestra ocorreu no dia 18 de maio e também foi ministrada por Janine Ledur que abordou o tema atendimento ao cliente. O segundo encontro foi no dia 13 de julho com o designer de moda, professor e consultor de moda Iran Marcon, que falou sobre visual merchandising na palestra “Ambiente-se”.

Visando qualificar ainda mais o atendimento ao cliente e potencializar as vendas das operações do Canoas Shopping, o Ciclo de Palestras YOU CAN acontece na sala 1 do Cinemark do Canoas Shopping e tem início previsto para as 8h da manhã. As vagas são limitadas a 150 participantes

Programa:

  • ·         Vitrine – A Experiência do Cliente

Palestrante: Janine Ledur

Data: 26/10

Horário: 8h às 10h

Local: Sala 1 - Cinemark

Publico alvo: Lojistas, vendedores e gerentes das operações do Canoas Shopping.

Sobre a palestrante:

Janine Ledur: Designer, coordenadora do Curso técnico em Produção de Moda e docente em Moda no SENAC Canoas. Realizou durante três anos consultoria de estilo e visual merchandising no TAG de LUX – Moda Sustentável e desenvolve projetos gráficos com a produtora UM Cultural.

Coordenou e orientou projetos na área de moda e sustentabilidade no SENAC Canoas, de 2012 a 2015 (Projeto Acessórios Sustentáveis, premiado em três feiras nacionais: Feira de Projetos, Fecitep e Mostratec e inovação com o título de Moda e Sustentabilidade)

 

Entre pessoas que trocaram de celular, 11% tiveram antigo aparelho roubado, aponta pesquisa da Deloitte

São PauloQuando decidem trocar seus telefones celulares, menos da metade dos brasileiros acaba ampliando a vida útil de seus aparelhos. Dos 1.743 proprietários de telefones celulares ouvidos pelo estudo “Global Mobile Consumer Survey 2016”, da Deloitte, 32% deram o equipamento antigo a parentes ou amigos, enquanto que 9% decidiram pela revenda. Vinte e dois por cento daqueles que trocaram de telefone mantiveram o antigo aparelho como reserva.

O mais interessante é perceber que 11% dos participantes disseram que seus celulares foram roubados, percentual bem superior aos 3% apurados na média global pela pesquisa. Outros 9% jogaram fora os aparelhos e 5% os perderam.

Compartilhamento de informações

Quase dois terços (65%) das pessoas que usam, ou que têm interesse em usar, equipamentos conectados estão dispostas a compartilhar informações de utilização geradas pelos aparelhos. Ao contrário do que havia sido apurado no ano passado, os homens surgem em 2016 com maior tendência (69%) de dispor de seus dados do que as mulheres (62%). Em 2015, o público feminino liderava neste questionamento, com 68% de respostas positivas, contra 64% dos entrevistados do sexo masculino.

No recorte por idade, os jovens de 18 a 24 anos são os que têm menor apego às informações de uso, contra 58% das pessoas entre 45 e 55 anos.

O estudo “Global Mobile Consumer Survey 2016“ foi realizado pela Deloitte com 53.000 consumidores, em 31 diferentes países dos cinco continentes. No Brasil, a pesquisa online ouviu 2.005 pessoas de todas as regiões do país, com idades entre 18 e 55 anos.

 

O papel do veterinário na luta contra a pirataria de medicamentos pets

A pirataria de medicamentos atinge tanto o mercado de animais de grande porte, quanto o mercado pet. Os produtos indicados para animais de companhia também são alvos de falsificações, contrabando ou podem não possuir registro nos órgãos competentes brasileiros, o que resulta em um produto vendido sem a realização de testes e sem eficiência comprovada.

Segundo dados do SINDAN (Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para a Saúde Animal) os medicamentos veterinários ilegais representam de 10% a 15% dos produtos consumidos no Brasil e movimentam, aproximadamente, R$ 600 milhões anualmente. A produção de medicamentos veterinários exige conhecimento técnico e um grande volume de investimentos. Preservar a saúde e o bem-estar do animal de companhia envolve o trabalho de profissionais dedicados e preocupados não só com a segurança quanto ao uso dos produtos veterinários e sua eficácia, mas também com a saúde das pessoas que convivem com o animal em tratamento.

A atuação do médico-veterinário contra a pirataria é fundamental e reforça o trabalho de conscientização da população. Segundo o estudo Árvore de Valor, realizado pela COMAC (Comissão de Animais de Companhia), os tutores confiam na indicação do veterinário para medicamentos, vacinas e alimentação, por exemplo. Por isso, é importante que o médico-veterinário alerte e ensine como o tutor pode reconhecer produtos legítimos.

É importante lembrar os passos para certificar que um medicamento/produto é confiável:

•          Embalagem contendo a aprovação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), bem como número de registro no Ministério;

•          Identificação do responsável técnico na embalagem do produto;

•          Existência de telefone de serviço ao consumidor do fabricante;

•          Embalagens em língua portuguesa, indicando a data de fabricação e validade;

•          Consulte o Compêndio de Produtos Veterinários da COMAC/SINDAN para se certificar do registro do produto. (www.comacvet.org.br/novo/compendio)

Outro ponto importante para evitar ter acesso a estes medicamentos é realizar a compra sempre com fornecedores e estabelecimentos confiáveis, de forma planejada e segura.

Além da saúde do animal e das pessoas que convivem com os cães ou gatos, o uso de medicamentos confiáveis também traz benefícios em caso de atendimento ao consumidor, procedência dos ativos presentes no produto e garantia de eficácia.

Os produtos ilegais significam prejuízos para saúde animal e humana, para o varejo e para a indústria veterinária.

Sobre a COMAC

A COMAC (Comissão de Animais de Companhia do SINDAN - Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal), criada em 2007, visa estruturar um ambiente de intercâmbio de informações e ideias, propondo e executando ações que estimulem o desenvolvimento do mercado pet brasileiro, em especial nas áreas ligadas à saúde animal. Tem por objetivo tratar dos assuntos ligados ao mercado de animais de companhia (cães e gatos), visto como um dos mais importantes e crescentes segmentos da indústria veterinária brasileira e mundial. Através de pesquisas do segmento, a COMAC deseja informar sobre os benefícios da relação entre os animais de estimação e o homem, a importância do médico veterinário na prevenção de doenças e na manutenção da saúde dos animais, valorizando a medicina veterinária e seus profissionais.

 
Página 8 de 275

Publicidade

Publicidade

Blogs

Enquete

Você é favor da convocação de Eleições Gerais no Brasil
 

Twitter CN

    Newsletter

    Expediente

    EXPEDIENTE
    Rua Santos Ferreira, 50
    Canoas - RS
    CEP 92020-000
    Fone: (51) 3032-3190
    e-mail: redacao@jornal
    correiodenoticias.com.br

    Banner
    Banner
    Banner

    TurcoDesign - Agencia de Publicidade Digital